Polícia Civil prende suspeito da morte de transexual em Santa Maria

Morgana Cláudia Ribeiro Paraná foi encontrada morta em casa na segunda-feira (21).

Homem nega ter cometido o crime.

A Polícia Civil prendeu temporariamente, na tarde desta quarta-feira (23), o suspeito de ter matado uma transexual em Santa Maria, na região central do estado.

O corpo da vítima, Morgana Cláudia Ribeiro Paraná, foi encontrado na casa dela na segunda-feira (20), por volta das 13h.

Em depoimento à polícia, o homem, de 30 anos, assumiu ter conhecido a vítima na madrugada do dia 19, mas alegou não ter ido para casa com ela.

Ele negou ter cometido o homicídio e informou que estava com um amigo.

Initial plugin text A delegada Elisabete Shimomura descarta essa versão.

Para a investigação, o suspeito conhecia Morgana anteriormente.

Quando a polícia encontrou o corpo, ele já estava em decomposição.

Segundo o laudo pericial, a causa da morte é traumatismo crânioencefálico e aconteceu, provavelmente, no domingo (19).

Devido ao estado do cadáver, não foi possível identificar as circunstâncias da morte.

O suspeito foi encaminhado para a Penitenciária Estadual de Santa Maria.

Categoria:Rio Grande do Sul